segunda-feira, 16 de novembro de 2015

14 meses

14 meses meu amorzinho safado.
Adoras palhaçada e se ouves risos e conversas animadas, ou ataques de cócegas ao teu irmão, és o primeiro a aproximar-te rapidamente e rir e guinchar de contentamento. Ficas super excitado com brincadeiras e mudas logo de humor se estás com birra e começamos a puxar pela brincadeira.
Apesar disso tem mau génio :) Se não gostas de algo vai tudo à frente (literalmente). Se não tens o que queres na horas, varres os brinquedos que tiveres à frente, choras zangado, queixas-te, deixas cair as coisas de propósito. Dá para ver quando não te agrada algo. Definitivamente.
Vemos-te bem, num futuro próximo, a estrebuchar num centro comercial porque não te demos o brinquedo que querias.
Se estivermos a comer não descansas enquanto não provares também, mas se não gostares não tens problemas em cuspir logo. Se nos aproximamos com a tua sopa viras logo a cara em desagrado, mas se gostares da 1ª colherada a coisa até marcha. Isto até quereres algo que viste na bancada, algo não podes ter, e então quase que vai o prato ao chão e o que estiver em cima da mesa...
És um safado com génio, bem mais temperamental que o teu mano. Se estamos em algum sítio interessante (como a sala, cheia de brinquedos) não queres estar ao colo, queres ir para o chão e resmungas até ires lá parar. Aí então és todo sorrisos, gostas de liberdade.
O teu passatempo favorito agora é ires atrás de balões, empurrares brinquedos pela sala enquanto vais atrás deles, pores-te de pé na mesa do M., empurrares pela sala a cadeira dele (o que te safa é que a cadeira tem proteções em baixo). Adoras ver livros e adoras quando encontras certos animais nas páginas.
Continuas a ser difícil de adormecer. Durante o dia lá dormes 2h (juntas ou repartidas) mas demoras quase outro tanto para adormecer (ok, exagerei, mas é mesmo muito tempo) e fazes a birra do costume, mesmo de olhos já fechados!
Se não estiveres doente dormes a noite toda o que é magnífico! Quando não é o caso temos de ir ter contigo 300 vezes.
Adoras colinho para passear e colinho para adormecer. Mesmo quando não adormeces nem por nada, gozas o momento, quentinho e seguro.
Estás na fase macaquinho de imitação. Tentas imitar tudo o que fazemos e já te ouvi tentar dizer "água". Saiu um "A---Gh" mas eu topei-te. Dizes papá e mamã, mas ainda não diriges as palavras só para nós. Se te pedimos para dar um brinquedo e não o queres dar, agarras-te ferozmente a ele! Mas se estás no meio de muitas coisas e estamos a arrumá-las (tipo brinquedos e legos) adoras dar tudo e "arrumar".
Não gostas de te vestir... Mal te deitamos achas que te vamos por a dormir e tu queres é explorar o mundo. Mas sempre que te mudamos a fralda adoras é explorar o que tens lá em baixo e não descansas enquanto não te dizemos o nome de tudo o que andar por ali: a fralda, sim... a pilinha...pois, a pernoca, o pé. Etc. E agora descobriste que todos temos um nariz e, de repente, parece que alguém nos arrancou o dito, tal é a forma como o agarras.
Quando brincas no chão fazes uma coisa engraçada: gatinhas para aqui e para ali e, a certa altura, vens ter comigo todo sorridente (que ando sempre no chão para te acompanhar e evitar que faças alguma asneira ou te aleijes), "trepas-me", faço-te uma festa, ficas 2 segundos e voltas a gatinhar e vais à tua vida. Pareces um cãozinho e farto-me de rir com isso. És um cachorrinho bem lindo!
Este teu primeiro outono não tem sido fácil para ti, na escola, a nível de saúde. Muitas viroses já apanhaste, que te põem o sistema em baixo e fazem com que apanhes outras maleitas. Nada de mais. Mas fazem a tua mãe descabelar-se com isso e sofre que nem uma Madalena arrependida.
Ainda não andas. Mas já te passeias alegremente quando te pegamos nas mãos.
És lindo meu fofinho. Tens uns olhos grandes e pestanudos, e umas bochechas e certas expressões iguais à tua avó paterna (e bisavô paterno) o que tem a sua piada... Ah tem 6 dentes neste momento e mais uns a sair, o que te leva a babares como um pequeno bulldog :P Por vezes vejo no chão pequenos fios de baba, o que faz rir, e o que faz que o M. diga "arghhhh que nojoooo!"
Mas o que me aquece mesmo o coração é ver que tu e o teu mano cada vez interagem mais. Há mais gritos e guinchos e risadas.
Adoro ouvir-te rir e guinchar!
Estou desejosa que chegue o verão e que estejamos todos de boa saúde a ir passear para o parque e para a praia, de camisola e calções.

Amo-te muito meu batatinha. Feliz mensário :D