quinta-feira, 28 de maio de 2015

O beicinho

Hoje de manhã aconteceu pela primeira vez. Fui-te deixar na creche. Ias muito sério (ultimamente só penso: não estás a ficar novamente doente, pois não? pareço histérica com o assunto, perdoem-me, mas é assim que ando). Não houve muitos sorrisos para a educadora ao contrário do que é costume. Depois dei-te para o colo dela. E mal o fiz começaste a fazer um beicinho a querer transformar-se em choro. Distraíram-te mas mesmo assim ainda viravas a cara a tentar ver-me. Saí o mais rápido possível, a acenar toda sorridente e a dizer "até logo batatinha".
Isto já não é novo para mim. Já é a 2ª vez que passo por isso, mas o coração fica sempre apertado como se fosse a primeira vez.