quinta-feira, 12 de maio de 2016

50 Shades of Grey

Já vos disse que vi há umas semanas, finalmente!, o 50 Shades of Grey?
















Devia ter as minhas expectativas tão baixas, depois de tudo o que se disse, mas tão baixas mesmo, que... até achei o filme fofinho. Ahahah! Aquilo... pronto... era um romance... com umas cenas mais picantes lá pelo meio, mas nada de bradar aos céus (no bom ou no mau sentido).
Ah e também achei que tinha uns salpicos de comédia. Pelo menos sempre que a moça mordia os lábios eu partia-me a rir. Deu-me para isso, o que se vai fazer... Imaginava o realizador a gritar-lhe "e agora... morde os lábios pá! Morde!! MOR-DEEE!!". Ele olhava para ela e zás: ela mordia o lábio. Ela imaginava qualquer coisa com ele e zás, mordia o lábio. Ela ia de encontro ao elevador e zás... mordia o lábio. (lol pronto, aqui exagerei, isso nunca aconteceu, mas talvez tenha acontecido ela ver o sofá dele e zás... morder o lábio) Ahahahaha!
Ou seja, deu para rir, foi giro ver algumas pequenas coisas de sadomaso, e no fim eu só pensava "Vai atrás dela, vai atrás delaaaaaaaaaaaaaaa!!!". (a minha veia romântica está sempre lá).
50 Shades - check! visto! done.

p.s. Ah, mas devo dizer que ela estava perfeita no seu papel, já há muito que não via uma atriz com um ar tão inocente.