quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Colo e o Amor

Leio em todos os livros de bebés: não adormecer os bebés ao colo. Ficam com associação errada do sono, etc. E assim, tal como acontecia com o M., tento fazê-lo o menos possível. Ontem o P. fez 3 meses e desde há 1 semana ou mais que comecei a tentar "impor" regras de sono, seguindo um livro que me safou bem com o M. (este). O curioso é que já estou a ver alguns resultados.

Mas este post não é sobre isso. Pelo menos não exactamente. O que acontece é que, pelo menos no meu caso, mal dou colo ao meu bebé ele aconchega-se imediatamente e fecha os olhos. E... é tão bom. Sentir aquele ser regalado nos nossos braços é do melhor que há. Não o adormeço de propósito. Simplesmente ele é que fica tão mole que adormece. E quando não o faz fica com ar preguiçoso de quem está a curtir a coisa. Tento deitá-lo com sono ainda leve. Penso que sabe quando está a ser deitado na cama. Não fico horas com ele ao colo (até porque começa a retorcer-se e vejo que o melhor é deitá-lo na cama). Mas apercebi-me que quase de certeza ele será o meu último bebé e quero esticar estes momentos o mais possível. Comovo-me até à lágrimas quando vejo aquela carinha a dormir, concentrada, e a dar longos suspiros no meu colo. Percebo a ideia dos livros e até certo ponto concordo. Mas dar colo a uma criança e deixá-la mimar-se nos nossos braços, e dormir uma soneca ali é amá-la. É criar espaço para os tais momentos de intimidade. É deixá-la passar a sua mãozinha lentamente no nosso braço, enquanto amolece. É deixá-la sentir o nosso calor e nós o dela (e é tão bom sentir aquele corpinho quente). É uma partilha. É amor. É quando nos damos incondicionalmente e sabemos que não estamos a perder o nosso tempo ao olhar durante horas a nossa criança e beber todos os seus traços. Dar colo, deixar um bebé adormecer aí é dar-lhe segurança e amor. E isso não sei porquê os livros não dizem. Só nos fazem sentir culpadas e quase que esperar um futuro sem horas de sono por causa disso.
O que importa é o equilíbrio. Entre o criar "bons hábitos" e o dar Amor na versão colo.
Mas dar amor é muito bom. E por isso pretendo dar colo e deixar o P. aninhado em mim o tempo que quiser e que eu puder (não posso ficar sentada o dia todo lol há coisas a fazer).

E viva o colo e o amor que assim passamos.