segunda-feira, 15 de julho de 2013

Isto das redes sociais...


... tem muito que se lhe diga. Big brother is watching you e nós andamos a observar os outros também. Ontem, numa ida a um parque para a "cria" poder brincar ao ar livre e correr quem nem um maluco (a liberdade é uma coisa porreira), encontrei uma conhecida cujo blogue frequento (das poucas que conheço que tem um, o resto dos blogues que visito são de pessoas desconhecidas para moi). E de repente a conversa, agradável, fez-me pensar.
Embora a veja muito raramente, dei por mim a falar com ela como se o fizesse frequentemente. Falei sobre os filhos, a escola deles, a nova gravidez dela, o nome da futura filha, etc etc. TUDO isto informação que vi no seu blogue... Dei por mim a pensar que esta nova era de tecnologias bloguísticas, facebooks, etc faz com que saibamos tudo em casa, sem sair do nosso conforto. Faz com que as amizades e conhecimentos sejam mais online do que em pessoa. Faz com que me sinta uma intrusa sem querer (porque as pessoas colocam essas informações na net de livre vontade, porque querem que os outros as vejam). Sinto-me estranha por saber tanta coisa de tanta gente que conheço pouco ou não conheço de todo. Mesmo no facebook... Sei mais coisas de amigos e conhecidos agora que tenho facebook do que quando nos limitávamos a falar apenas em encontros de café.
Se por um lado isto das redes sociais é bom, por outro faz-me falta as pessoas contarem coisas porque estamos juntas a fazer algo e surge em conversa. O que aconteceu às nossas vidas? Sabemos demasiado em relação a perfeitos desconhecidos e passamos a saber mais ainda do nossos amigos mas sem estarmos efectivamente com eles.

Só por isto vou marcar um jantar com as minha amigas para por em dia a conversa e ver aquelas caritas lindas e sorridentes!