domingo, 24 de março de 2013

1 semana em... cuecas!

Literalmente hehe





















Já passou uma semana desde que o meu bidu começou os treinos para andar sem fraldas (durante o dia). E... está a correr lindamente!! Tem feito direitinho na escola, pede sempre, em casa também. E já houve sestas em que não fez xixi na fraldoca. Muito bom! Estou muito orgulhosa do meu fofuxo. Já me arrisquei a levá-lo no carro sem nada e tudo ok também. Só houve uma vez em que um cócó ficou pelo caminho if you know what i mean... loll

No verão ele faz 3 aninhos e já oiço comentários há muito tempo do estilo: "está mais do que na hora de largar as fraldas", "ainda usa fraldas??!!", ou "se ele não quiser ir obriga-o, obriga-o a estar sentado", ou "se fosse comigo já tinha largado as fraldas há muito".
Ora bem minhas caras e meus caros, como de facto o filho é meu, o bidu largou as fraldas quando foi possível e quando achámos que era a altura devida. E aconteceu que não foi há 2 meses ou há 5. Foi agora. Era agora que ele estava pronto (incentivado claramente pelos amiguinhos na escola que já não usam) e não antes. Não está a ser preciso obrigá-lo a nada, forçá-lo a fazer nada (o que na minha opinião pode potenciar uma recusa de fazer o que quer que seja, como aconteceu ao filho de um colega meu), chateá-lo a ele e ficar eu chateada. Por isso, o meu fabuloso lápis azul riscou há muito tempo o "já devias ter feito" ou o "quando devias ter feito".

Foi agora e agora é que foi bem, sem stresses, com ele todo orgulhoso a perguntar-me se estou contente quando faz xixi depois de pedir. Digo e mostro-lhe que fiquei super feliz porque ele se portou muito bem e é um "crescido". E claro que lhe pergunto de 30 em 30 minutos se quer ir à sanita. A maioria das vezes nunca quer. Mas quando quer pede e faz.

E se houver algum xixi inoportuno que não aguente a tempo de ir à sanita... tudo bem também. Acontece. É para isso que comprámos várias cuecas e temos calças de backup, certo? Faz parte acontecerem essas coisas. Não me vou zangar ou dizer que ele é feio e isto e aquilo, como algumas histórias que oiço. Não. Aqui não. Não funciono assim.

E tem corrido bem. E estou super orgulhosa deste novo desafio do rapaz, de que faz parte crescer. Ver o meu pilocas nestas andanças faz-me explodir de orgulho e amor.
Quem vê de fora pode não dar importância a isto. Mas estes são os pequenos passos de ver crescer uma criança. E significa tanto.

p.s. Esqueci-me de mencionar que ontem o bidu fez também pela primeira vez xixi em pé. Estávamos todos num centro comercial e claro que não andamos com adaptadores atrás. Por isso lá foi a estreia com o pai. Piloca apontada, o M. meio desconfiado com o que estava a acontecer lol, e... xixi fora. Yeahhhhhhhh!